segunda-feira, 17 de maio de 2010

Por que é tão importante doar sangue?

Doação de sangue

O ato de doar sangue é voluntário. Este ato extremamente nobre pode ajudar várias pessoas com uma única doação. No texto a seguir, haverá explicação sobre os tipos de hemoderivados (produtos extraídos do sangue), a utilidade da transfusão, o tempo de estocagem, o impacto da falta ou diminuição da doação de sangue e a segurança da doação.


Quando o sangue do doador é retirado para doação, rotineiramente, este sangue é separado entre: glóbulos vermelhos, plaquetas e plasma.


Os glóbulos vermelhos conservados na bolsa são chamados de Concentrados de Hemácias.


As plaquetas conservadas na bolsa são chamadas Concentrados de plaquetas.

O plasma na bolsa é congelado a temperatura menor que -18º.C sendo denominado Plasma Fresco Congelado.

Assim, uma única doação pode ajudar no mínimo 3 pessoas.

A importância da doação

O uso destes hemoderivados de forma mais usual: Concentrados de Hemácias, Concentrados de plaquetas e Plasma Fresco Congelado auxiliam da seguinte maneira:

1- Concentrado de Hemácias: melhora o transporte de oxigênio para o organismo, melhorando os sintomas e sinais de anemias. É amplamente útil e vital em todos os serviços do hospital como nas unidades de emergência, centro cirúrgico, enfermarias e nas unidades de tratamento quimioterápico.

2- Concentrados de plaquetas: diminui a chance ou ajuda a reduzir sangramentos decorrentes da diminuição de plaquetas, ou em situações raras em doenças, nas quais as plaquetas não funcionam. É muito utilizado nas unidades de emergência, centro cirúrgico, enfermarias e principalmente nas unidades de tratamento quimioterápico.

3- Plasma Fresco Congelado: contém fatores de coagulação e com isto ajuda nas situações de distúrbios de coagulação decorrentes da diminuição da atividade dos fatores de coagulação. É muito utilizado nas unidades de emergência, centro cirúrgico e enfermarias.

Entendido de forma simples a utilidade dos hemoderivados. É importante entender o seu tempo de estocagem.

1- Concentrado de hemácias: tempo máximo de estoque: 35 dias.

2- Concentrados de plaquetas : tempo máximo de estoque: 5 dias.

3- Plasma Fresco Congelado: tempo máximo de estoque: 1 ano.

Portanto, fica claro que se o banco de sangue parar de receber doadores em 5 dias o estoque de plaquetas acaba. Assim, infelizmente é muito comum nos feriados prolongados como carnaval, natal e ano novo haver escassez de plaquetas.

Segurança

Segurança para o doador

O ato de doar é extremamente seguro, pois antes do ato em si. O doador passar por análise da pressão arterial, freqüência cardíaca e dosagem de hemoglobina para descartar que um doador anêmico doe sangue sem se prejudicar. Além disto há limite para idade e peso.

Segurança para o doente que receberá o sangue doado

Antes da doação, o doador passa por uma triagem, ou seja, além da análise inicial citada, este é entrevistado, sobre situações de risco em que pode estar com seu sangue contaminado. Após esta entrevista sendo aprovado, em alguns bancos de sangue, há o voto de auto-exclusão, no qual o doador analisa novamente a confiabilidade de suas respostas. A entrevista de triagem e o voto de auto-exclusão têm como finalidade diminuir o risco de transmissão de sangue que possam estar contaminados e não detectados pelos testes sorológicos, por estarem no período chamado "janela imunológica".

A lista abaixo ilustra o tempo estimado da "janela imunológica" dos vírus. Isto significa o tempo aproximado de exposição aos vírus até a positividade sorológica dos testes:

- Vírus HIV: aproximadamente 30 dias
- Vírus Hepatite B: aproximadamente 60 dias
- Vírus Hepatite C: aproximadamente 90 dias

Assim, após a triagem o sangue antes de ser doado é analisado por testes sorológicos com alta-sensibilidade contra: hepatite B, hepatite C, HIV, HTLV 1, Doença de Chagas e Sífilis. Em algumas regiões do país são realizados testes para malária.

Outros testes obrigatórios focados na compatibilidade do sangue a ser transfundidos para minizar as reações transfusionais são a tipagem ABO, Rh e outros testes com o soro do receptor com os glóbulos vermelhos da bolsa para descartar ou diminuir a chance de reações.




Um comentário:

  1. éste site e fixe ajudoume a fazer um trabalho ajudou nao eu cõpiei e a professora deume excelente.obriado e respondam se nao fasso uma denunciga

    ResponderExcluir